Eu, a solidão e meu velho violão

Somente eu, a solidão e meu velho violão neste mundo. Meu ser abençoado caminha por estas terras procurando cada lágrima de sofrimento que cada pessoa por eu encontre carrega. A minha missão por aqui é um pouco diferente da sua. A minha missão é transformar cada uma destas lágrimas de tristeza em alegria. É transformar … Continue lendo Eu, a solidão e meu velho violão

Through Glass

Há algum tempo que te observo através deste vidro. Parece uma eternidade teu sofrimento. Já se tem passado um bom tempo desde o início de tudo isso. Penso em te perguntar sobre teus pensamentos, mas as palavras não me saltam da boca, pois sabe que não existe uma resposta simples. Sentimento tão confuso, até mesmo para … Continue lendo Through Glass

Firework

Hoje acordei com mais uma missão: ajudar um grupo de pessoas abaladas pelo mal da sociedade: o julgamento. Ela não é feliz e quer que nenhum ser vivente seja. Mesmo que deem o seu melhor, sempre haverá algo de errado. Entenda: o erro está neles. Quanta gente. Nenhuma alegria. Esses olhares tristes me dão certo … Continue lendo Firework

O Tímido

Sempre assim... Tímido, quieto, bobo Sempre na dele Tão timidamente se esconde De quem o quer tão bem. Sempre a mesma história: É pessimista, triste E até tem um pouco de depressão. Solidão? Sua melhor companhia. Enfrentar o mundo, é preciso Mas enfrentar a si mesmo É essencial É seu próprio inimigo E, na melhor … Continue lendo O Tímido