Para sempre e verdadeiro, o amor companheiro

O princípio de um amor inocente, Pode ser um tanto bobo pra quem olha Um sorriso, um gesto, um vinho, um poema E o telefone que toca toda hora.   O amor inocente, sincero e verdadeiro Não consegue se desgrudar por um ano inteiro É primavera, no outono, no verão e até no inverno É … Continue lendo Para sempre e verdadeiro, o amor companheiro

O Tímido

Sempre assim... Tímido, quieto, bobo Sempre na dele Tão timidamente se esconde De quem o quer tão bem. Sempre a mesma história: É pessimista, triste E até tem um pouco de depressão. Solidão? Sua melhor companhia. Enfrentar o mundo, é preciso Mas enfrentar a si mesmo É essencial É seu próprio inimigo E, na melhor … Continue lendo O Tímido