Trago a batida

Que festa é essa que me convidaram,
Ninguém nessa terra comum dança
Eu não vim de tão longe, de uma terra estranha
Pra ficar aqui parado.