Oh, Anjo! Leia minha mente lotada de preces. Eu preciso de você, pois me sinto tão pesado. Esta correnteza me leva tão depressa e o fôlego parece tão distante de meu alcance.

Olho pra cima em direção a um céu claro, porém turvo. As pálpebras pesam e minha cabeça se descontrola. Parece que estou levemente mais quebrado que ontem ou serão as dores de minhas costas arranhadas? Não há como me livrar disso.

A vida é uma bebida, mas o amor é uma droga. Ele nos joga em mundo perfeito e relaxante. Nossas defesas se abaixam e nos entregamos. E nos deitamos. Sentindo a calma de um tapete de veludo, em que podemos nos esfregar como se fosse a melhor sensação do mundo. E o amor nos deixa ali, por um breve instante.

Oh, Anjo! Você já me levantou outras vezes, mas estou novamente nadando contra essa correnteza em vão. O amor me jogou de novo e eu não estou gostando disso. Mesmo acostumado, essa droga em demasia não é meu desejo. Faça-o parar antes que me leve daqui. Quero dizer adeus a esse vício, que me consome e bebe um pouco por dia de minha alegria, rasgando-me aos poucos até meu gélido descarte. E depois procura sua próxima vítima – quando esta não sou eu novamente.

E ele nem se importa com o estrago que faz.

Agora só preciso de um pouco mais dessa dose, mas não tenho ânimo de tomá-la. Tome um drink por mim e tente me fazer voar com outras asas, aquelas já estão velhas. Eu não sei nadar, então me ensine a voar pra bem longe e seguir para qualquer outro rumo melhor, antes que o sangue verde em minhas veias escape pelos meus dedos. A vida é um drink, mas o amor é uma droga. O vício não é uma escolha.

Um comentário em “A vida é um drink, o amor, uma droga

Rabisque abaixo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s