De tempos em tempos
Meu passado grita
Implora por volta
E à noite incomoda.

Será que, assim,
Diante de novos olhos
Que um novo um mundo enxergam agora
Devo eu pisar nesse novo solo
De forma tão firme
Fechando malditas portas
Que deixei abertas
Na esperança de tudo voltar a ser como antes
Mas ao fim de tudo
Abriram mais um corte em minha alma?

Não seria melhor
Abandonar tudo que ficou pra trás
E esquecer o que,
algum dia,
deixou cicatriz?

Rabisque abaixo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s