Deparo-me com um amigo, deitado às sombras de uma grande macieira, olhos vermelhos, lágrimas no rosto. Ignoro meus problemas por um instante, pois este precisa de mim. Ele fora machucado.

Soldado  numa batalha que todos enfrentamos, este rapaz, meu melhor amigo, faz o tipo romântico, jeito raro em dias presentes. Flores, chocolates, passeios de mãos dadas por bosques, serenatas com violão, jantares a luz de velas com músicas românticas, fazem parte de seu generoso estoque de munição.

Esse meu amigo foi pego pelo amor há mais de dois anos, por uma bela ruiva de cabelos cacheados. Era mais velha, mas correspondia a seu amor. Os dois tiveram uma linda história de amor por esse tempo.

Confesso que, por ser meu melhor amigo, sentia certa ponta de ciúmes. Aquele tempo, antes dedicado a mim, fora partilhado e reduzido a ponto de eu ser apenas uma opção em sua amizade. Mas, respeitei, afinal não era sempre que ele encontrava alguém, também pelo fato de ser tímido.

Quem via de fora, imaginava que tudo estava bem. Quem estava por dentro, sabia que existiam seus problemas, mas nada fora do normal.

Entretanto, o tempo foi passando e ele fora descobrindo coisas terríveis. A garota não era tão boa e não correspondia da mesma forma. Ele tentara salvar seu namoro, imaginando que fosse algum problema com ele, mas não era. O problema era ela.

Traição, mentiras, omissões. Aos poucos, o garoto sentia seu coração se partir cada dia mais. Ele chorava, sentia-se mal, não acreditava que tudo aquilo poderia estar acontecendo a ele, um garoto romântico que fazia de tudo por ela.

Um dia, ainda apaixonado, ele resolveu terminar. Ela, apenas continuou a seguir sua vida, com outros caras, sem se importar com o amanhã.

Hoje, encontro-o ali, baixo àquela árvore, chorando, mesmo 3 meses depois. Eles nunca mais trocaram uma palavra, mas a garota continuava a seu coração.

“Amigo, não chore!

Não chore por caminhos que você nunca andou, não chore por aquilo que sempre tentou. Você deu o melhor de si mesmo, foi romântico, respeitou e foi sincero. Ela nem deu a mínima. Sei que esse é o pior tipo de dor que existe, quando você se entrega e não tem o mesmo retorno que espera.

A vida é injusta, sim! Mas pessoas maravilhosas como você estão tentando fazer deste, um mundo melhor. Nunca pare de tentar! Algum dia, você encontrará alguém para partilhar seu coração.

Não é porque uma pedra te derrubou algum dia que você tomará cuidado sempre em todo seu caminho. Quem sabe, algum dia, essa pedra não se torne sua aliada.

Desista desse seu coração quebrado e deixe os erros passarem, aprenda a perdoá-los e traga-os como um aprendizado. O amor que você perdeu não vale uma lágrima, não deve valer um pensamento seu, não vale tudo aquilo que te custou. Algum dia, você será grato pelo que passou.

Talvez esse amor que você sente aí dentro nunca acabe. Independente disso, sempre que você precisar, saiba que estarei aí, sentado a seu lado. Para te dar forças.

Algum dia, você será compensado pelo bom coração que tem. Só nunca o perca!”

Rabisque abaixo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s