• Livre! Sim, estou livre.

(…)

_ Fuja! Fuja, desertor.

Aquelas palavras. Aquele sorriso de deboche. O que fazer? Estou fraco.

Pense! Você precisa escapar daquilo. Sua liberdade está em jogo. Precisa fugir de seu opressor. É você quem comanda sua vida, não ele. Ele não pode mais te controlar. Não pode comandar sua vida.

E os outros? Deixo-os aí? Eles não estão nem aí para você. Querem te matar, querem se matar. Você está sozinho agora. O mundo é apenas dele. Apenas de seu opressor.

Não! O mundo não é dele. Seu mundo está desmoronando. Eles se matam. Eles não têm mais o controle. Ele não tem mais o controle. Tudo está fora de si. Todos querem se matar. Todos querem poder. Todos são egoístas.

Eles se aproximam. O sorriso de deboche desaparece. Capturam-no. Capturam-me, mas me deixam cair. Levam-no. O poder secundário não lhes basta. Eles querem mais. Eles querem todo o poder. Não querem ser apenas um drone, mas o manipulador, o opressor.

Um dia da caça, outro do caçador. Quem diria? O opressor foi capturado.

Poder. O poder lhe subiu à cabeça. O poder lhes subiu à cabeça. Dê poder a um homem e verá as consequências. Eles não podem ser mais controlados. Eles têm desejos. De poder, de sangue, de vitória. Eles nem sabem mais o que fazem.

Ninguém mais. Ninguém mais estava ali, do meu lado. Todos se foram. O que farão com o opressor? Não sei.

Só sei que ali está uma luz. Uma luz à minha frente. Não vejo mais nada, além de minha liberdade.

Sim! Estou livre. Estou fraco, mas estou livre.

Um comentário em “Defector

Rabisque abaixo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s