Contra quem se briga

Discutir com alguém que temos um sentimento forte (seja ele qual for) machuca de duas formas. Primeiro, saber que alguém que temos grande consideração ter um pensamento completamente oposto ao nosso (e eu não digo apenas de preferências, mas de atitudes e pensamentos que julgamos errado por nossa vivência), princípios estes que lutamos anos para vencê-los e que hoje sabemos que é errado, mesmo que outras pessoas não vejam um problema sequer nisso. E segundo, pela própria briga.

Contra quem se briga?

Será que não estamos impondo demais nossos pensamentos sobre outras pessoas? Será que não falta empatia? Será que precisamos ouvir melhor as pessoas? Será que não estamos ouvindo? Será que estendemos demais aquilo que nem deveria ter tanta importância? Já parou pra pensar quantas brigas desnecessárias começamos com uma pessoa que tanto gostamos? E se conseguirmos não perder nossa razão?