Fogo a Queimar

Ontem te vi chorar mais uma vez. E, mais uma vez, fiquei de longe te olhando. Tuas chamas se apagavam e minhas esperanças não me incendiavam mais. O que esperam de ti é o mesmo que esperam de mim, mas estamos velhos demais para isso e eu já sentia teu cansaço há algum tempo. Lutar e lutar pelos nossos desejos quando ninguém mais liga para o que ainda chamamos de sentimentos.

Tu me perguntavas se era seguro enjaular o humano que havia em ti, como um animal. E eu te respondia que o animal era o que serias se assim o fizesses. Era mais fácil manter o fogo baixo e a paz borbulhando para que esta não pudesse transbordar do caldeirão. O pavio era curto e a fagulha estava pronta para queimar, mas tu aprendeste a manter a calma apenas com o olhar.

Nos disseram que tudo ficaria bem se, tudo bem, seguíssemos as tais malditas regras, e assim vivemos, sem o coração queimar. Andávamos como dois estranhos, calados, esperando o sol se pôr, a noite passar e um novo dia começar.

E se a noite não passa, qual nosso próximo passo? Há a intranquilidade em teus olhos e a insegurança em minhas mãos. Não há palavras que não se transformem em ódio para nos segurarmos. Todo um dia perdido apenas para ouvir e concordar, ouvir e consentir, ouvir e, mais uma vez, nos calarmos.

Onde está a tranquilidade que nos prometeram quando nos ensinaram a amar? Eu sei, ela só existe naquilo em que acreditam. O resto é erro, irreparável, que arrancam do peito, sem o mínimo de cuidado. E é em tom ríspido que nos fazem crer que o correto é o que dizem ser. Mas não cremos, é apenas silêncio, pois assim nos ensinaram a viver.

Na varanda de casa, o luar me lança seu olhar. Já são quatro horas, o vento sopra e eu na mesma posição, sem da cadeira me levantar. Pensamentos gritando e meu silêncio que se perdeu, outra vez, nesta noite insone.

Sei que é difícil e que nada posso te prometer, mas sinta o fogo queimar em tuas veias pelo desejo de ter tudo o que desejas ter.

Hoje eu me vi chorar pela última vez. E, pela primeira vez, eu já estava por perto, me abraçando.

Música de Inspiração

One Reply to “Fogo a Queimar”

Rabisque abaixo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s