Não posso te esquecer

Um pouco fundo em meu coração Habita triste tua doce voz Que eu temo ser O nosso adeus Deixando-me abraçado à solidão. Noites em claro, dias tão escuros. Uma lembrança, uma lágrima O que vou fazer? Pra me erguer de vez? Sempre repito: “é a última vez” Mas volto a cair, quando penso em ti... … Continue lendo Não posso te esquecer

Anacrônico

Imagine uma jovem moça que acabou de sair de sua comunidade e se mudou para uma pequena vila distante, onde todos são tão estranhos de você. Eu estava acostumada com uma vidinha tão simples, com tantas pessoas que conheço e agora estava aqui, num lugar diferente, com outros rostos, outros costumes, outro estilo de vida. … Continue lendo Anacrônico

Tempos difíceis

Dá pra perceber quando serão tempos difíceis quando nem a luz do dia aparece na minha cama pra me acordar, exceto o lustre que cai próximo da cabeça (poxa, até senti um caco em minha língua). E você ri do cabelo que nem penteei ainda. Tá dando tudo errado. Eu rolei da cama e caí … Continue lendo Tempos difíceis

Jovens demais para este sentimento

Nunca houve razões para crer que algum dia O seu sorriso viesse de um sangue frio Busquei alguma chama por dentro desse peito Era tão sombrio e vazio. Já ouvi histórias de tantos amigos Quem viveram esse sentimento doentio Sempre assustados, limitados e sem tempo Nada era feito sem consentimento. Eu ria, eu me irritava … Continue lendo Jovens demais para este sentimento

Outra vez a girar

Ato 1 Confesso. Assim é mais divertido. Divertido quando ganho meu próprio jogo. Culpada. Bastante culpada. A serpente habita e pode envená-la com uma mordida. É divertido. A faca não corta a língua, divide-a em duas. Remorso. Palavra que não me cabe. É divertido brincar do meu próprio jogo. Jogo sem remorsos. Jogos sem sofrimentos … Continue lendo Outra vez a girar

Não mais uma daquelas garotas malucas

Alguns jurados na sala, mas nada em suas vistas. Não até pequenos pés de veludo se apresentarem. Um pezinho tão deliciado se desliza calmamente por aquela sala. Eles calçavam um sapatinho tão pequeno quanto seus pés, pintados de um azul claro com uma fitinha em cima. Aqueles pés suaves sustentam uma menina doce e tímida. … Continue lendo Não mais uma daquelas garotas malucas

Bird set free

Era um bar como os de antigamente. Aquela iluminação amarelada e mais fraca, lustres antigos, velas bem distribuídas, um palco de madeira e um barman atrás do balcão. Todos se vestiam como antigamente. Sentados, comendo suas porções, riam e conversavam animadamente. A música era tranquila e o aroma remetia aos velhos tempos. Então, as luzes … Continue lendo Bird set free

Through Glass

Há algum tempo que te observo através deste vidro. Parece uma eternidade teu sofrimento. Já se tem passado um bom tempo desde o início de tudo isso. Penso em te perguntar sobre teus pensamentos, mas as palavras não me saltam da boca, pois sabe que não existe uma resposta simples. Sentimento tão confuso, até mesmo para … Continue lendo Through Glass

Unstoppable

Talvez força não seja qualidade predominante de alguém "forte". Em todo canto, pessoas cercando a cada movimento, no ensejo de obter aquele ar de segurança tão invejado. Forte por fora, amedronto por minha figura sólida de postura rígida. Pedido transformado em ordem ao decréscimo de um semitom, uma leve pausa e um olhar de desprezo. A obra … Continue lendo Unstoppable

Um Gesto Qualquer

Contrário ao velho ditado "Antes só que mal acompanhado", ouço de minha prima que "a gente se acostuma a viver com a pessoa que está". Relacionamentos vazios, implantando a rotina, tornam-se normais. O que importa de verdade? Conto-lhes o que a esta disse certa vez que, frustrada em meu ombro direito, pôs-se a reclamar por estar … Continue lendo Um Gesto Qualquer

Sarah Smiles

Um pequeno cigarro de palha em minha boca, quase a seu destino. Ela em seu cavalo a trotar (imagine uma tão bela mulher em seu vestido provocante). Eu, bota, calça, uma fivela e meu chapéu de cowboy. Puxo meu cavalo e vou. Essa é Sarah. Ela me notou, deu um sorriso, mas insistia em seu … Continue lendo Sarah Smiles

Miss you love

Poltrona M-17. Centro. Muitos à frente, tantos atrás. Poltrona solitária em uma fila dominada por jovens. A sala aqui fora, cheia. A sala aqui dentro, vazia. Uma gota na calça. Na tela, um casal apaixonado, mas eu só vejo um cara no chão, chorando. Esse sou eu, aos pés de tantos apaixonados aqui. Eu deveria … Continue lendo Miss you love

Alive Again

Um sapato no degrau, outro em terra firme. Um novo show a começar. Minhas pernas tremem. Meu estômago luta contra suas borboletas. A plateia em silêncio. É minha hora. A última vez que estive aqui, tropecei e caí. Machucado por um forte tombo. Alguns preocupados, outros em meio a lágrimas - de risos. Não avistei … Continue lendo Alive Again

Up & Up

Dirigindo há algumas horas por esta estrada quente, onde o sol cobre nossas cabeças de forma tão escaldante, procurando pela água que nosso corpo exige e transpirando de tal forma que nossos rostos chegam a chover suor, dois corações partidos seguem viagem em busca de chuva. O corpo já não aguenta toda essa pressão que o … Continue lendo Up & Up

See you again

Caramba! Quanto tempo já se passou, não é mesmo? Parece que meus dias têm se tornado mais longos ao decorrer do ano. É estranho voltar a essa vida, agora tão sem graça sem sua companhia. Ainda me lembro de como nos conhecemos. Numa pequena loja, onde curtia um som, você surgiu com sua educação inconfundível. … Continue lendo See you again

I Wanna Be

Matéria duvidosa. Estampados em uma boa capa, uma carcaça tão bem trabalhada e um sorriso tão branco de invejar qualquer fantasma. O que parecia ser algo tão banal, uma tragédia viral. Deu-se início por um pensamento. Uma opinião. Ora! Não somos livres para pensar? Será que fui interpretado de forma tão ruim? Sim, fui. Ativei … Continue lendo I Wanna Be

Party In The U.S.A.

Depois de algumas horas de voo, em meu jato particular, eis que finalmente aterrisso com minhas melhores amigas e com meus melhores amigos. Estamos em Los Angeles. Aqui parece tudo tão estranho, louco e todos se parecem com algum famoso. Será que consigo me encaixar num lugar como esse? Mas aí me lembro o porquê … Continue lendo Party In The U.S.A.

Raridade

Raridade   Talvez você ainda não tenha entendido, mas existe uma pedra preciosa aí dentro de você que não foi lapidada, esperando apenas pelo seu toque. Eu sei que existe uma força que pode levar você a lugares inexplorados, mas você não se permite enxergá-la. Você não acredita que é capaz de lutar e lograr … Continue lendo Raridade