Trago a batida

Que festa é essa que me convidaram,
Ninguém nessa terra comum dança
Eu não vim de tão longe, de uma terra estranha
Pra ficar aqui parado.

Jovens demais para este sentimento

Nunca houve razões para crer que algum dia O seu sorriso viesse de um sangue frio Busquei alguma chama por dentro desse peito Era tão sombrio e vazio. Já ouvi … Continuar lendo Jovens demais para este sentimento

Para sempre e verdadeiro, o amor companheiro

O princípio de um amor inocente, Pode ser um tanto bobo pra quem olha Um sorriso, um gesto, um vinho, um poema E o telefone que toca toda hora.   … Continuar lendo Para sempre e verdadeiro, o amor companheiro

O Tímido

Sempre assim… Tímido, quieto, bobo Sempre na dele Tão timidamente se esconde De quem o quer tão bem. Sempre a mesma história: É pessimista, triste E até tem um pouco … Continuar lendo O Tímido